PORTAL OESTE NEWS

PORTAL OESTE NEWS
O RN PASSA POR AQUI! - A MAIOR FONTE DE INFORMAÇÕES ANTIGAS E ATUAIS DO RN, COM 12 BLOGS E 988 LINKS. CRIADO A 28 DE DEZEMBRO DE 2008, PELO STPM JOTA MARIA, COM A COLABORAÇÃO DE JOTAEMESHON WHAKYSHON, JULLYETTH BEZERRA E JOTA JÚNIOR # MOSSORÓ-RN

domingo, 31 de julho de 2011

ALMINO AFONSO - PATRONO

Almino Álvares Afonso

Diplomado em Ciências Jurídicas e Sociais, pela Faculdade de Direito do Recife, na turma de 1871, iniciou sua vida profissional como Promotor Público da Comarca de Independência - atual cidade de Guarabira - no interior da Paraíba. Posteriormente, transferiu-se para o Ceará, onde revelou-se hábil advogado, jornalista de combate e grande orador. Era Procurador Fiscal dos Feitos da Fazenda em Fortaleza, quando, em 1883, envolveu-se ativamente na campanha abolicionista, que, adquirindo proporções e importância, conseguiu a completa emancipação dos escravos existentes naquela província, muito antes da Lei Áurea, sendo exonerado de suas funções, por imposição do conselheiro Antônio Joaquim Rodrigues Júnior. Possuidor de uma palavra vibrante, deu uma grande contribuição ao movimento abolicionista no Ceará e no Rio Grande do Norte. Em Mossoró, onde esteve em campanha, conquistou a cidade com seus discursos eloqüentes, redigindo a ata do 30 de setembro de 1883, que assinalou a extinção da escravatura naquele município.
Em Fortaleza, dirigiu o jornal ‘O Libertador’ e transferindo-se para Manaus (1884), ali reiniciou suas atividades profissionais. Diretor do jornal ‘O Rio Branco’, elegendo-se vereador, presidiu as sessões legislativas da Câmara Municipal de Manaus, durante o ano de 1887.
No último ano do período monárquico, aceitou e disputou sem êxito uma vaga à Assembléia Geral, pelo Rio Grande do Norte. Proclamada a Republica, foi por seus conterrâneos lembrado para a Constituinte, recebendo o apoio dos três agrupamentos que havia no Estado: o governista, o oposicionista e o católico. Eleito deputado, no pleito realizado a 15 de setembro de 1890, participou ativamente dos trabalhos constituintes.
Em 1894, elegeu-se Senador da República, para um mandato de nove anos e encontrava no exercício de suas funções, quando faleceu em Fortaleza, a 13 de janeiro de 1899. No Congresso Nacional, foi um grande defensor dos interesses do Rio Grande do Norte. Orador dos mais talentosos, sua vida, resume-se numa sucessão de combates.
Publicou: ‘Os Rodrigões do Império, ou Caráter da Única Monarquia Americana’ (Ceará, 1886) e ‘Uma Nota sobre os Quebra-Quilos da Paraíba do Norte’ (Fortaleza, 1875), este, com o pseudônimo de Philopoomen.
Patrono da cadeira nº 9, da Academia Norte-riograndense de Letras, em 1918, seu nome foi dado à antiga povoação de ‘Caeira’, posteriormente desmembrada do município de Patú e elevada à categoria de cidade, através da Lei Estadual nº 912, de 24 de novembro de 1953.

mais

mais

DR. LAVOISIER MAIA SOBRINHO - EX-GOVERNADOR, SENADOR E DEPUTADO ESTADUAL



Lavoisier Maia Sobrinho é natural de Almino Afonso, mas foi registrado em Catolé do Rocha, na Paraíba, nascido a 9 de outubro de 1928,formou-se médico na Universidade Federal da Bahia, vindo a residir no município de Natal em 1957, onde foi professor de obstretícia da UFRN, Diretor da Maternidade Escola Januárico Cicco, ingressando na vida política, exercendo vários cargos públicos: Secretário de Saúde Pública do Estado, governador do RN de 1979 a 1983 pela Arena; Senador Constituinte pelo PDS e deputado federal.

Na Câmara dos deputados, participou das Comissões Permanentes de Direitos Humanos e Minorias e foi suplente na Comissão de Finanças e Fiscalização, realizando várias missões oficiais como político do Rio Grande do Norte, tais como a Viagem de estudos a convite da OPAS/OMS ao Peru, Colômbia e México.

Seminário Internacional sobre a População da América Latina. Representante da Câmara dos Deputados em visita oficial à china. Outro destaque foi a participação como representante do Governo Brasileiro por duas ocasiões nas reuniões da Organização das Nações Unidas. Atualmente integra o quadro de deputados da Assembléia Legislativa do Rio Grande do Norte, tendo sido eleito deputado estadual pelo PSB.

Essa larga experiência nos Poderes Executivo e Legislativo o deixa motivado no desenvolvimento das atividades parlamentares no Palácio José Augusto, tendo apresentado durante seu mandato várias proposições, sendo um deputado sempre atuante em benefício da população do estado do Rio Grande do Norte.

domingo, 16 de janeiro de 2011

FRANCISCO CARLOS DE AMORIM

FRANCISCO CARLOS DE AMORIM, natural de Almino Afonso, nascido a 4 de fevereiro de 1927, filho de Francisco Nunes de Amorim e Amélia Carlos de Amorim. Passou a infância no campo, onde ainda criança, começou a trabalhar na companhia de seu pai, sendo alfabetizado por iniciativa da família de colocar professores particulares em casa; não chegou a formalizar seus estudos.
Casado com DULCIMAR LEITE DE AMRIM. Vereador na primeira legislatura, vindo a renunciar por discordar dos métodos usados para aprovação das contas do município, pois não era aceito o contradito sobre as peças apresentadas, cabendo aos vereadores apenas aprovar, sem qualquer discussão. Insurgiu-se, pois tinha outra postura no trato da coisa pública. Sua renuncia não foi oficializada na Câmara, e alguém continuou exercendo seus direitos de vereador, de forma escura, como nada tivesse acontecido

JOÃO CARLOS DA SILVA

JOÃO CARLOS DA SILVA, nasceu no sítio Torada, distrito de Almino Afonso, a 28 de novembro de 1876, filho de Manoel João Carlos (falecido a 12/02/1928) e de BÁRBARA MARIA BATISTA DA SILVA. Casou-se em primeiras núpcias com Maria dos anjos câmara, que deixou os seguintes filhos: LUIZA CARLOS CÂMARA DA SILVA, conhecida popularmente por Dona Isa, casada com APOLÔNIO JUSTINO PEREIRA. SEVERINO CARLOS DA SILVA, casado com MARIA BELARMINO CARLOS; ELETÍCIA CARLOS CÂMARA, casada com MIGUEL GODEIRO PRIMO; SEVERINA CARLOS CÂMARA, que faleceu solteira. Do segundo casamento, em 1920, com ABGAIL NUNES DE SOUZA E SILVA, funcionária dos Correios e Telégrafo, com os seguintes filhos: MARIA DE LOURDES CARLOS PEREIRA, DONA Lourdinha, casada com NESTOR PEREIRA DA COSTA, LIGIA CARLOS DA SILVA,casada com OLEGARIO DOROTEIA DUTRA; ZUILA CARLOS DA SILVA GODEIRO, casada com JOSÉ GODEIRO SOBRINHO e ZENAIDE DE SOUZA SILVA, casada com ANTONIO CASSIMIRO GOMES. Foi assassinado em agosto de 1932

AMORN ASSOCIAÇÃO DOS MUNICIPIOS DO OESTE DO RIO GRANDE DO NORTE


Foi criada no dia 8 de janeiro de 1993, 102587/207 durante reunião dos prefeitos do Alto Oeste, realizada no município de Almino Afonso, pela prefeita RIBANA FIALA. O encontro foi presididoo pelo médico Bernardo Amorim, que representou a então prefeita
Estavam presentes os prefeitos Lucídio Jácome Ferreira (Frutuoso Gomes), Severino Dantas da Silva (Lucrecia), Dr. Kerinaldo Jácome da Costa (Antonio Martins), Edinor Goideiro da Silva (Rafael Godeiro) e Paulo Tarso Veríssimo (João Dias). Na oportunidade, Lucidio Jácome foi escolhido o primeiro presidente para mandato de um ano, tendo como secretário geral Francisco Váger Gutemberg (PSD), ex-prefeito de Lucrecia.
A Associação ficou com sede em Frutuoso Gomes, e logo em seguida, recebeu como novos filiados, os municípios de Alexandria, tenente Ananias, Pilões e Olho d’d’Água do Borges. Depois chegaram Pau dos Ferros, Martins, Rafael Fernandes, Patu e outros municípios
Depois de Lucidio Jácome, presidiram a AMORN o m´dico José Ferreira Sobrinho(Pilões), Francisco Janduí Fernandes (Alexandria), CARLOS José Fernandes , “DEDEZINHO” (Major Sales), Nilton Figueiredo (Pau dos Ferros).
FONTE: JORNAL GAZETA DO ESTE - MOSSORÓ

COMARCA DE ALMINO AFONSO


Criada pela Lei Complementar nº 25, de 28 de janeiro de 1980, foi instalada em 12 de junho de 1980, que teve como primeiro Juiz de Direito a Dra. MARIA SOLEDADE FERNANDES DO REGO e o primeiro promotor foi o Dr. LUCIANO Mariz Maia.
Em 22 de setembro de 1990, na administração do prefeito Abel Belarmino de Amorim Filho, o prédio do Fórum ganhou novas instalações. Em 2001, na gestão do prefeito Bernardo César, o prédio passou por reformas físicas, sendo reinaugurado no dia 20 de outubro do mesmo ano. Na época era o Juiz da Comarca, Dr. Rosivaldo Toscano dos Santos Júnior

FÓRUM MUNICIPAL DESEMBARGADOR DEUSDEDIT MAIA


Natural de Martins, nascido a 18 de outubro de 1934, filho de Nelson Benicio Maia e Maria do Carmo Maia. Bacharel em Direito pela Universidade Católica de Pernambuco em 1966. Nomeado para o cargo de Juiz de Direito de 1ª entrância da Comarca de Serra Negra do Norte, em 21 de novembro de 1967. Foi removido para a Comarca de Apodi em 6 de dezembro de 1967. Serviu ao Tribunal Regional Eleitoral – TER na classe de desembargador por duas vezes, em 1985-1987 e 1994-1996, onde foi Corregedor Eleitoral, Vice-presidente e Presidente

mais

mais

quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

A PRIMEIRA CAPELA DE ALMINO AFONSO


FOTO DA IGREJA VELHA

foto: livro nossa terra, nossa história


O marco inicial da fundação da nossa cidade começou com a construção da primeira capela, pois até então não havia local apropiado para as celebrações religiosas. A primeira missa foi celebrada em baixo de um juazeiro, tempos depois iniciou a construçâo da capela.

Construída em 1902 por Agostinho Fonseca e D. Florentina Amorim, sob a invocação do Sagrado Coração de Jesus. A tradição oral informa que Agostinho Fonseca e florzinha, como esta era tratada, mandaram erigir uma capela em torno da que se formou o primeiro núcleo de habitantes.

No final da década de 60, a nossa primeira Igreja por vez a igreja velha começou a ser abandonada, isso se deu devido a retirada das imagens Sacras ali existentes para a Igreja (atual), que estava em construção e já oferecia condições de funcionamento. Com isso, a Igreja velha foi se deteriorando até ser demolida. Outro motivo para essa demolição foi a localização a nova Igreja bem maior que a antiga ficava muito próxima da antiga.

Com a construção a construção da Igreja velha, o mundo católicoda nossa comunidade passou a ter sua própria casa de oração, uma vez que antes dela muitos fiéis faziam essas orações em casa e muitos outros deslocavam – se até a igreja mais próxima do povoado ( patú por exemplo) para assistir as Missas.
FONTE: SITE DA IGREJA CORAÇÃO DE JESUS DE ALMINO AFONSO

ALMINO AFONSO - RN


CIDADE DE ALMINO AFONSO, NA MICRORREGIÃO DE UMARIZAL, MESORREGIÃO OESTE POTIGUAR

LIMITES

Norte - Rafael Godeiro, Lucrécia e Umarizal.
Sul - Estado da Paraíba, João Dias e Antônio Martins.
Leste - Patu.
Oeste - Frutuoso Gomes e Lucrécia.

CLIMA E TEMPERATURA

Tipo: clima tropical chuvoso com verão seco e estação chuvosa se adiantando para outono.

Precipitação Pluviométrica Anual:
normal: 912,7 mm
observada: 930,0 mm
desvio: 17,3 mm
Período Chuvoso: fevereiro a maio

Temperaturas Médias Anuais:
máxima: 36,0 °C
média: 28,9 °C
mínima: 21,0 °C

Umidade Relativa Média Anual: 66%

Horas de Insolação: 2.700

RELEVO

De 200 a 400 metros de altitude.

Serra: da Baixa Verde e Três Cabeças

Serrote: das Piranhas

Depressão Sertaneja - terrenos baixos situados entre as partes altas do Planalto da Borborema e da Chapada do Apodi.

O município encontra-se com 100% do seu território inserido na Bacia Hidrográfica Apodi - Mossoró.

Rios e Riachos Principais: riacho Piranhas, da Picada e Tapuio

Açudes com Capacidade de Acumulação Superior a 100.000 m³:

GEOLOGIA E SOLO

Solos predominantes e características principais:

Podzólico Vermelho Amarelo Equivalente Eutrófico - fertilidade alta, textura média, acentuadamente drenado, relevo suave ondulado.

Uso: a utilização agrícola sem irrigação está restrita a culturas resistentes à seca. Recomendam-se práticas intensivas de controle à erosão.

Aptidão Agrícola: restrita para lavouras; aptas para culturas de ciclo longo, como, algodão arbóreo, sisal, caju e coco. Uma pequena área é indicada para preservação da flora e da fauna ou para recreação.

Sistema de Manejo: baixo, médio e alto nível tecnológico, podendo as práticas agrícolas estar condicionadas tanto ao trabalho braçal e a tração animal com implementos agrícolas simples como a motomecanização.

VEGETAÇÃO EM ALMINO AFONSO

Caatinga Hiperxerófila - vegetação de caráter mais seco, com abundância de cactáceas e plantas de porte mais baixas e espalhadas. Entre outras espécies destacam-se a jurema-preta, mufumbo, faveleiro, marmeleiro, xique-xique e facheiro.

Floresta Caducifólia - vegetação que apresenta espécies de folhas pequenas e caducas que caem no período seco.

LINKS

Quem sou eu

Minha foto
SOU O STRR PMRN JOTA MARIA, NASCIDO NA CIDADE DE MOSSORÓ-RN.AQUI OS OESTANOS VÃO CONHECER A HISTÓRIA DOS MUNICÍPIOS DA MESORREGIÃO . OESTE POTIGUAR. TENHO O MAIOR ORGULHO DE SER MOSSOROENSE E OESTANO DO RIO GRANDE DO NORTE. SOU SOU TORCEDOR DO BARAÚNAS, O MAIS QUERIDO DE MOSSORÓ E INTERIOR DO RIO GRANDE DO NORTE